sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

“Por que não temos nossos molhes?”, questionam pescadores no esforço de desencalharem embarcações




Desde 2007 há verba de 150 mil para a construção dos molhes. A FEPAM dá como aceite o termo de referência, que já foi encaminhado em 2007, mas abandonado pela Prefeitura. E, com vontade política, a Superintendência de Portos e Hidrovias poderia realizar a batimetria. Os molhes resolveriam não só o problema da seca da Sanga dos Charqueadas como também das enchentes na Vila dos Pescadores. “Na verdade só é necessária uma carreira de pedra para atacar tanto a água como a areia, porque esta areia a água traz”, diz o presidente da Associação dos Pescadores, Paulo Afonso Rodrigues Castro







Mesmo a licença para o desassoreamento já está vencida, junto à FEPAM

Convivem há cem anos com o problema que teria fim se a verba que está disponível, desde 2007, de R$ 150 mil fosse aplicada pela Prefeitura Municipal para a construção dos molhes. Obra de baixo impacto ambiental, devido a própria constituição da orla, teve o termo de referência, encaminhado pela Prefeitura, em 2007, aceito pela FEPAM em três de abril de 2008. A partir desta data, a FEPAM não obteve reposta da Prefeitura, e este ano o processo foi arquivado. Segundo informações da autarquia, caso a Prefeitura tenha interesse em discutir novamente o termo de referência original- a FEPAM terá que fazer novo estudo porque, a partir de 2007, há muita legislação nova que pode incidir sobre a região.
O presidente da Associação dos Pescadores, Paulo, disse que o prefeito informou que iria mudar o projeto original por um mais simples para que o valor disponível de R$ 150 mil abarque a construção da obra. “Eles queriam fazer tipo um cais, mas é para barcos de grande porte”, considera Paulo.
Conforme o prefeito, Sylvio Tejada, “ali exige tipo de projeto que envolve batimetria, que custa 31 mil reais- último orçamento que tivemos, então estamos tentando viabilizar uma forma para reduzir”. Entretanto, a redação do Regional de Notícias entrou em contato com a Superintendência de Portos e Hidrovias, e a assessoria de comunicação informou que se for encaminhado um ofício ao Superintendente Diretor, explicando a situação dos Pescadores, é provável que este órgão realize a batimetria.

“A situação dos pescadores é péssima”,
diz Paulo. ”A água baixa e quem chega da lagoa não consegue entrar para o porto ou sair”. Nessa época, eles costumam fazer viagens de férias com a família ou receber pescadores de outras localidades. O desassoreamento da Sanga, realizado pela Prefeitura, ou por eles mesmos, a contratarem empresa particular por R$ 70 por hora, quando a Prefeitura alega não ter máquina disponível, dura pouco, porque depende dos ventos. “Eles puxam a terra e não tiram, então o mar bate ali e joga toda a areia para dentro da sanga novamente”, explica Paulinho.
Com a correnteza da água vêm pedaços de madeira, pedras. “Aconteceu várias vezes de, tentando entrar ou sair da sanga, a quebra de eixos, hélices”, conta Paulo. Em época de chuvas ou temporais é comum os pescadores se atirarem na água- muitas vezes na madrugada, porque as ancoras não seguram, e há o risco das embarcações irem para cima dos trapiches velhos. “Já aconteceu de furar barco”. Segurar âncoras, tirar água das embarcações não têm sido uma rotina fácil.
Quando há muito vento até levam para o náutico. “Mas se levar para lá, a gente tem que ficar cuidando dos barcos, e eles também não aceitam muito os pescadores lá”, diz Paulo. “É complicado para eles, porque lá estão só veleiros e barcos de passeio”.


Matéria publicada com algumas alterações no Regional de Notícias- Tapes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cria teu e-book!

Bibliografias

Bibliografia Núcleo de Dramatugia SESI SP

POÉTICA
Aristóteles (há várias traduções possíveis).
A EXPERIÊNCIA VIVA DO TEATRO
Eric Bentley – Coleção Palco e Tela
Zahar Editores, 1981
O DRAMATURGO COMO PENSADOR
Eric Bentley - Editora Civilização Brasileira, 1991
TEATRO GREGO – TRAGÉDIA E COMÉDIA
Junito de Souza Brandão - Vozes, 1984
PARA TRÁS E PARA FRENTE – UM GUIA PARA LEITURA DE PEÇAS
TEATRAIS
David Ball – Coleção Debates - Ed. Perspectiva, 1999
LER O TEATRO CONTEMPORÂNEO
Jean-Pierre Ryngaert – Ed. Martins Fontes, 1998
TRÊS USOS DA FACA – SOBRE A NATUREZA E A FINALIDADE DO DRAMA
David Mamet - Ed. Civilização Brasileira, 2001
DICIONÁRIO DE TEATRO
Patrice Pavis – Ed. Perspectiva, 1999
A ANÁLISE DOS ESPETÁCULOS
Patrice Pavis – Ed. Perspectiva, 2005
MITO E REALIDADE
Mircea Eliade - Coleção Debates, Editora Perspectiva, 1972
TRAGÉDIA MODERNA
Raymond Williams - Ed. Cosac & Naify, 2002
PROBLEMAS DA POÉTICA DE DOSTOIÉVSKI
Mikhail Bakhtin - Forense Universitária,1997
O TEATRO ÉPICO
Anatol Rosenfeld - COLEÇÃO DEBATES – Editora Perspectiva, 1985
O TEATRO BRASILEIRO MODERNO
Décio de Almeida Prado – COLEÇÃO DEBATES - Ed. Perspectiva, 1988
O TEXTO NO TEATRO
Sabato Magaldi – Ed. Perspectiva, 2001
TEORIA DO DRAMA MODERNO [1880-1950]
Peter Szondi – Cosac & Naify, 2001
TEATRO PÓS-DRAMÁTICO
Hans-Thies Lehmann - Ed. Cosac & Naify, 2007
O RISO – ENSAIO SOBRE A SIGNIFICAÇÃO DO CÔMICO
Henri Bergson – Ed. Zahar, 1983
WRITING A PLAY
Gooch, Steve - A & C Black Publishers Limited. 2004
PlAYWRITING
Greig, Noel - Routledge, USA, 2005




Psicologia junguiana
EDINGER, Edward F. Ego e Arquétipo, SP, Cultrix, 1989
HILLMAN, James. Estudos de Psicologia arquetípica, RJ, Achiamé, 1981
JAFFÉ, Aniela. O Mito do Significado na Obra de C. G. Jung, SP, Cultrix, 1989
JUNG, Carl Gustav. Obras Completas, Petrópolis, Vozes
JUNG, Carl Gustav. O Homem e Seus Símbolos, RJ, Nova Fronteira, 1964
JUNG, Carl Gustav. Memórias Sonhos e Reflexões, RJ, Nova Fronteira, 1961
NEUMANN, Erich. História da Origem da Consciência, SP, Cultrix, 1990
SILVEIRA, Nise. Imagens do Inconsciente, RJ, Alambra, 1981
VON FRANZ, Marie-Louise, C.G.Jung, Seu Mito em Nossa Época, SP, Cultrix, 1992
WHITMONT, Edward C. A Busca do Símbolo, SP, Cultrix, 1994
ZWEIG, Connie, e ABRAMS, Jeremiah.(organizadores). Ao Encontro da Sombra, SP, Cultrix, 1994
HILLMAN, James. O Código do Ser, RJ, Objetiva, 1997
MINDELL, Arnold, O Corpo Onírico, SP, Summus, 1989
NEUMANN, Erich. A Criança, SP, Cultrix, 1991
SAMUELS, Andrew e Colaboradores. Dicionário Crítico de Análise Junguiana, R J, Imago, 1988
SHARP, D. Tipos de personalidade, SP, Cultrix, 1990
VON FRANZ, M. L. & HILLMAN, J. A tipologia de Jung, SP, Cultrix, 1990
BOLEN, Jean Shinoda. A Sincronicidade e o Tao, SP, Cultrix, 1991
CLARKE, J. J. Em Busca de Jung, RJ, Ediouro, 1993
FRANZ, Marie-Louise von. Adivinhação e sincronicidade, SP, Cultrix, 1985
HILLMAN, James. Suicídio e alma, Petrópolis, Vozes, 1993
HILLMAN, James. Uma busca interior em psicologia e religião, SP, Paulinas, 1985
PROGROFF, Ira. Jung, Sincronicidade e destino humano, SP, Cultrix, 1989
Tuiavii. O Papalagui, SP, Marco Zero. 1987
GUGGENBÜHL-CRAIG, Adolf. O abuso do poder na psicoterapia e na medicina, serviço social, sacerdócio e magistério. RJ, Achiamé, 1978
SANFORD, J. Os Parceiros Invisíveis, SP, Paulus, 1986
STEIN, Robert. Incesto e amor humano, SP, Símbolo, 1978
STEINBVERG, Warren. Aspectos Clínicos da Terapia Junguiana, SP, Cultrix, 1992
BRANDÃO, Junito de Souza. Mitologia Grega, Petrópolis, Vozes, 1989
CAMPBELL, Joseph. O poder do mito, SP, Palas Athena, 1990
FIERZ, Heinrich Karl. Psiquiatria junguiana, SP, Paulus, 1997
HILLMAN, J. O mito da análise, RJ, Paz e Terra, 1984
KERÉNYI, Karl. Os Deuses Gregos/Os Heróis Gregos, SP, Cultrix, 1994
SALAND, N. S. A Personalidade limítrofe, SP, Cultrix, 1989
VON FRANZ, Marie-Louise. Reflexos da alma, SP, Cultrix, 1992
SAMUELS, Andrew. Jung e os Pós-Junguianos, RJ, Imago, 1989
SANFORD, John. Os sonhos e a cura da alma. SP, Paulinas, 1991
WHITMONT, Edward e S. Pereira. Sonhos um portal para a fonte,SP, Summus, 1995
SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico, SP, Cortez, 2000
CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia, SP, Ática, 1995
Brandão, Junito de Souza (1998). Mitologia Grega –– Petrópolis: Ed. Vozes, 1998, vol 2, pp. 113-140.
Byington, Carlos A.B. (2008). Psicologia Simbólica Junguiana – São Paulo: Ed. Linear B, 2008, capítulos 1, 2, 3 e 4.

Real é o que produz efeitos, Carl Jung

Solicita teu exemplar! Participo com 3 contos.

Solicita teu exemplar! Participo com 3 contos.
Interessados entrem em contato comigo pelo e-mail lucianegodinho@ig.com.br O valor é 25, despacho pelo Correio sem custo adicional

Pesquisar este blog