quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Unidade de Beneficiamento ainda não foi repassada aos pescadores



O presidente da Associação dos Pescadores, Paulinho, e a esposa Elisete
























Construída há dois anos, a unidade de beneficiamento de peixe e produção de gelo da Vila dos Pescadores ainda não foi entregue aos pescadores e está sob responsabilidade da Prefeitura. Dois fatores impedem: o licenciamento da CISPOA- Coordenadoria de Inspeção de Produtos de Origem Animal- e o pleno funcionamento da máquina de produção de gelo, comprada por licitação da empresa Tecnofrio . O problema é que a Empresa, ganhadora da licitação, instalou uma máquina de 1,5 mil e, depois de já estar instalada, fez a adaptação para 2 mil e seiscentos quilos/dia. O prefeito do município, Sylvio Tejada, já esteve pessoalmente na Empresa, mas nada foi definitivamente resolvido. Depois destas duas etapas vencidas, os pescadores colocarão em funcionamento a fábrica de gelo e filetagem fornecendo, inclusive, para as escolas municipais e em banca no Mercado Público.

“A máquina trabalha uns dias, outros não”, diz o presidente da Associação Paulo Afonso Rodrigues Castro, que assumiu a Associação em abril deste ano e tratou logo de providenciar a licença junto à FEPAM, Alvará junto ao Corpo de Bombeiros e, por fim, o licenciamento junto à Cispoa.

Paulinho, como é conhecido na comunidade, é pescador há 30 anos, começando a trabalhar aos 14 com documentação, e é casado com Lisete de Castro Beléia, que só não o acompanha mais seguido nas viagens porque trata da criação dos três filhos do casal. Quando tudo estiver resolvido, e a Unidade for repassada para os pescadores, pretende inaugurar a Festa do Peixe- “já para o ano que vem”.

Salga é coisa do passado

No passado, depois de limpo, o peixe era colocado de molho em sal grosso por cerca de dois dias e posto a secar ao sol em acampamentos que os pescadores fazem na beira na praia. Hoje, nas reuniões da Associação, a prioridade é a produção de gelo. “Como conservar o peixe por uma semana ou mais?”, diz Paulinho. Eles levam de seis a sete horas de viagem até o ponto de pesca na costa de Mostarda, por exemplo, do outro lado da Lagoa. Quanto mais longa a viagem, mais gelo necessitam. Na maioria das vezes, levam mais tempo, porque, além de pescar, comercializam a safra nas praias de Palmares do Sul, São Lourenço e Itapuã, entre outros pontos. Segundo Paulinho, quando a Unidade estiver funcionando poderão trazer maior quantidade de peixe para Tapes. “Ficamos cerca de 20 dias longe da família”, diz, “com a unidade trabalhando, podemos retornar semanalmente”.

A máquina tem funcionado com o mínimo de capacidade- por solicitação da Associação, para que os pescadores pudessem trabalhar, porque mesmo não trazendo o peixe para cá, têm condições de levarem para outro lugar. Os pescadores da Vila não têm dificuldades em colocar o pescado no mercado, principalmente no verão, época em que é muito procurado. Ele, por exemplo, entrega em Palmares do Sul, São Lourenço e Osório. Santa Catarina será também uma das grandes fontes de mercado para a colocação do peixe.

Eliminando o papel do atravessador

Já algum tempo muitos pescadores deixaram de capturar camarão devido a figura do atravessador. Forçavam motor da embarcação, tinham gastos com combustível e os ganhos não compensavam. Paulinho criou-se em São Lourenço do Sul, a pegar camarão, e diz que no ano passado estavam pagando cerca de R$ 2 o quilo para o pescador, chegando ao consumidor por R$ 10. “O pescador é obrigado a vender pelo preço que lhe oferecem ou então joga fora, porque não tem como armazenar”, explica. Com a Unidade, esta história muda porque eles contarão com três câmaras de congelamento. A mesma situação acontece com a pesca- o atravessador oferece um valor alto e depois baixa, obrigando-os a vender o pescado pelo que é oferecido.

Publicada no Regional de Notícias - Tapes RS
Texto e fotografia: Luciane Godinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cria teu e-book!

Bibliografias

Bibliografia Núcleo de Dramatugia SESI SP

POÉTICA
Aristóteles (há várias traduções possíveis).
A EXPERIÊNCIA VIVA DO TEATRO
Eric Bentley – Coleção Palco e Tela
Zahar Editores, 1981
O DRAMATURGO COMO PENSADOR
Eric Bentley - Editora Civilização Brasileira, 1991
TEATRO GREGO – TRAGÉDIA E COMÉDIA
Junito de Souza Brandão - Vozes, 1984
PARA TRÁS E PARA FRENTE – UM GUIA PARA LEITURA DE PEÇAS
TEATRAIS
David Ball – Coleção Debates - Ed. Perspectiva, 1999
LER O TEATRO CONTEMPORÂNEO
Jean-Pierre Ryngaert – Ed. Martins Fontes, 1998
TRÊS USOS DA FACA – SOBRE A NATUREZA E A FINALIDADE DO DRAMA
David Mamet - Ed. Civilização Brasileira, 2001
DICIONÁRIO DE TEATRO
Patrice Pavis – Ed. Perspectiva, 1999
A ANÁLISE DOS ESPETÁCULOS
Patrice Pavis – Ed. Perspectiva, 2005
MITO E REALIDADE
Mircea Eliade - Coleção Debates, Editora Perspectiva, 1972
TRAGÉDIA MODERNA
Raymond Williams - Ed. Cosac & Naify, 2002
PROBLEMAS DA POÉTICA DE DOSTOIÉVSKI
Mikhail Bakhtin - Forense Universitária,1997
O TEATRO ÉPICO
Anatol Rosenfeld - COLEÇÃO DEBATES – Editora Perspectiva, 1985
O TEATRO BRASILEIRO MODERNO
Décio de Almeida Prado – COLEÇÃO DEBATES - Ed. Perspectiva, 1988
O TEXTO NO TEATRO
Sabato Magaldi – Ed. Perspectiva, 2001
TEORIA DO DRAMA MODERNO [1880-1950]
Peter Szondi – Cosac & Naify, 2001
TEATRO PÓS-DRAMÁTICO
Hans-Thies Lehmann - Ed. Cosac & Naify, 2007
O RISO – ENSAIO SOBRE A SIGNIFICAÇÃO DO CÔMICO
Henri Bergson – Ed. Zahar, 1983
WRITING A PLAY
Gooch, Steve - A & C Black Publishers Limited. 2004
PlAYWRITING
Greig, Noel - Routledge, USA, 2005




Psicologia junguiana
EDINGER, Edward F. Ego e Arquétipo, SP, Cultrix, 1989
HILLMAN, James. Estudos de Psicologia arquetípica, RJ, Achiamé, 1981
JAFFÉ, Aniela. O Mito do Significado na Obra de C. G. Jung, SP, Cultrix, 1989
JUNG, Carl Gustav. Obras Completas, Petrópolis, Vozes
JUNG, Carl Gustav. O Homem e Seus Símbolos, RJ, Nova Fronteira, 1964
JUNG, Carl Gustav. Memórias Sonhos e Reflexões, RJ, Nova Fronteira, 1961
NEUMANN, Erich. História da Origem da Consciência, SP, Cultrix, 1990
SILVEIRA, Nise. Imagens do Inconsciente, RJ, Alambra, 1981
VON FRANZ, Marie-Louise, C.G.Jung, Seu Mito em Nossa Época, SP, Cultrix, 1992
WHITMONT, Edward C. A Busca do Símbolo, SP, Cultrix, 1994
ZWEIG, Connie, e ABRAMS, Jeremiah.(organizadores). Ao Encontro da Sombra, SP, Cultrix, 1994
HILLMAN, James. O Código do Ser, RJ, Objetiva, 1997
MINDELL, Arnold, O Corpo Onírico, SP, Summus, 1989
NEUMANN, Erich. A Criança, SP, Cultrix, 1991
SAMUELS, Andrew e Colaboradores. Dicionário Crítico de Análise Junguiana, R J, Imago, 1988
SHARP, D. Tipos de personalidade, SP, Cultrix, 1990
VON FRANZ, M. L. & HILLMAN, J. A tipologia de Jung, SP, Cultrix, 1990
BOLEN, Jean Shinoda. A Sincronicidade e o Tao, SP, Cultrix, 1991
CLARKE, J. J. Em Busca de Jung, RJ, Ediouro, 1993
FRANZ, Marie-Louise von. Adivinhação e sincronicidade, SP, Cultrix, 1985
HILLMAN, James. Suicídio e alma, Petrópolis, Vozes, 1993
HILLMAN, James. Uma busca interior em psicologia e religião, SP, Paulinas, 1985
PROGROFF, Ira. Jung, Sincronicidade e destino humano, SP, Cultrix, 1989
Tuiavii. O Papalagui, SP, Marco Zero. 1987
GUGGENBÜHL-CRAIG, Adolf. O abuso do poder na psicoterapia e na medicina, serviço social, sacerdócio e magistério. RJ, Achiamé, 1978
SANFORD, J. Os Parceiros Invisíveis, SP, Paulus, 1986
STEIN, Robert. Incesto e amor humano, SP, Símbolo, 1978
STEINBVERG, Warren. Aspectos Clínicos da Terapia Junguiana, SP, Cultrix, 1992
BRANDÃO, Junito de Souza. Mitologia Grega, Petrópolis, Vozes, 1989
CAMPBELL, Joseph. O poder do mito, SP, Palas Athena, 1990
FIERZ, Heinrich Karl. Psiquiatria junguiana, SP, Paulus, 1997
HILLMAN, J. O mito da análise, RJ, Paz e Terra, 1984
KERÉNYI, Karl. Os Deuses Gregos/Os Heróis Gregos, SP, Cultrix, 1994
SALAND, N. S. A Personalidade limítrofe, SP, Cultrix, 1989
VON FRANZ, Marie-Louise. Reflexos da alma, SP, Cultrix, 1992
SAMUELS, Andrew. Jung e os Pós-Junguianos, RJ, Imago, 1989
SANFORD, John. Os sonhos e a cura da alma. SP, Paulinas, 1991
WHITMONT, Edward e S. Pereira. Sonhos um portal para a fonte,SP, Summus, 1995
SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico, SP, Cortez, 2000
CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia, SP, Ática, 1995
Brandão, Junito de Souza (1998). Mitologia Grega –– Petrópolis: Ed. Vozes, 1998, vol 2, pp. 113-140.
Byington, Carlos A.B. (2008). Psicologia Simbólica Junguiana – São Paulo: Ed. Linear B, 2008, capítulos 1, 2, 3 e 4.

Real é o que produz efeitos, Carl Jung

Solicita teu exemplar! Participo com 3 contos.

Solicita teu exemplar! Participo com 3 contos.
Interessados entrem em contato comigo pelo e-mail lucianegodinho@ig.com.br O valor é 25, despacho pelo Correio sem custo adicional

Pesquisar este blog